Fátima Canuto acompanha visita de juíza Renata Gil à Casa da Mulher Alagoana

Fátima Canuto acompanha visita de juíza Renata Gil à Casa da Mulher Alagoana

Nós vemos diariamente o quanto os casos de violência doméstica crescem no nosso país. É importante combater essa violência através de muita união. Na quinta-feira (28), a deputada estadual Fátima Canuto, as deputadas Angela Garrote e Flávia Cavalcante, e a presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil, visitaram a Casa da Mulher Alagoana.

Também participaram da visita o presidente Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), Klever Loureiro e de tantos outros representantes da Justiça; as esposas dos desembargadores (Silvana Loureiro, Tita, Karla e Claudia) do Estado de Alagoas e esposa (Rita) do ministro Humberto Martins, além da diretora da casa da mulher, Érika Lima.

Segundo a deputada, a Casa da Mulher é um importante espaço de acolhimento e é um instrumento de combate à violência.

"Fiquei muito feliz da presidente da AMB ter aceitado o convite para fazer a visita à Casa da Mulher Alagoana. Foi um ótimo momento para discutirmos também sobre os PLs de minha autoria que estão tramitação na ALE: o do Sinal Vermelho e o do Aplicativo de denúncia de violência contra mulher", enfatizou a deputada.

Inaugurada no último dia 8, a Casa da Mulher Alagoana reúne, em um só local, Juizado, delegacia especializada, Defensoria Pública, Ministério Público, Patrulha Maria da Penha e outros órgãos da rede de proteção às vítimas de violência doméstica. Funcionando na Praça Sinimbu, no Centro de Maceió, o prédio conta ainda com alojamento temporário, salas de atendimento psicossocial, brinquedoteca e centro de mediação e conciliação.

Foto: Caio Loureiro