Após convite feito por deputadas estaduais, secretária do DF conhece Casa da Mulher Alagoana

Após convite feito por deputadas estaduais, secretária do DF conhece Casa da Mulher Alagoana

A presidente da Comissão da Mulher na Assembleia Legislativa de Alagoas, deputada Fátima Canuto recebeu e acompanhou, nessa segunda-feira (31), a visita da secretária de Estado da Mulher do Distrito Federal, Ericka Filippelli, à Casa da Mulher Alagoana, em Maceió. A secretária conheceu a Casa após um convite feito pelas deputadas Fátima Canuto,  Angela Garrote e Flávia Cavalcante.

Na visita, a secretária conheceu o trabalho da Casa que atende mulheres vítimas de violência no Estado.  Para a secretária, a Casa da Mulher é um exemplo a ser estudado e que pode ser ampliado para outros estados. 

A deputada Fátima Canuto disse que a visita da secretária foi importante e revelou que uma das intenções de trazer a gestora ao Estado é colaborar com a construção da regulamentação da lei que institui o Programa de Cooperação e Código Sinal Vermelho como forma de pedido de socorro e ajuda para as mulheres em situação de violência doméstica ou familiar. A proposta foi aprovada na Casa de Tavares Bastos.

"É uma lei de minha autoria que tem grande relevância para o estado. A lei oferece à mulher um pedido de socorro silencioso através de um código vermelho, como por exemplo, um batom vermelho na mão. Mas é uma medida que salva vidas", explicou Canuto. 

Além das deputadas, Ericka também foi recepcionada pelo Gabinete de Políticas Públicas para a Mulher de Maceió e pela equipe multifuncional que presta o atendimento no local.

por Assessoria